sábado, 29 de janeiro de 2011

AS ARMAS NO PALEOLÍTICO


Grupo de homens talhando a pedra
  O desenvolvimento do ser humano, bem como da sua inteligência e civilização actuais são como que o resultado de uma progressão geométrica. Essa aceleração ascendente nota-se claramente quando analisamos as fases de crescimento ou de evolução do homem. Basta observar o desenvolvimento alcançado no período dos últimos cem anos, para nos apercebermos disso


Método de talhar a pedra por percussão de outra pedra
 
Ponta de machado em pedra lascada


Quando nos referimos ao período PALEOLÍTICO, vemos que o homem se serviu da pedra para se defender e atacar. Isto em termos gerais, visto que, no seu início, ele devia ter alternado o uso da pedra com o da madeira ou, melhor dizendo, com o da estaca; muito embora, quando conseguiu aperfeiçoar a talha, deve naturalmente ter dado preferência à pedra
Método de talhar a pedra por pressão de um cinzel de madeira ou osso


Pontas de machado em pedra lascada
De qualquer forma, é difícil acreditar que o homem tenha feito uso das armas contra os seus semelhantes noutras ocasiões que não fossem as de lutas tribais, como ainda hoje, infelizmente, sucede nas diversas etnias, grupos, religiões, etc.
Método rudimentar de talhar pedra por pressão


Estaca ou clava
As armas serviram para lhe dar um certo "bem-estar" e o desafogo suficiente para pensar que o seu vizinho o podia dominar e declarar--lhe guerra.

Pontas de lança em pedra lascada


Diversas pontas em pedra lascada
A pedra e a madeira eram matérias-primas de que o homem primitivo dispunha; essas foram também as suas primeiras armas, que, juntamente com o domínio do fogo, marcaram o princípio da supremacia do homem no nosso planeta.

Pontas de lanças em pedra lascada


Ponta de lança e lança
Tanto a organização de caçadas em grupo, como a vida em sociedade, foram princípios ancestrais de todos os povos primitivos. A descoberta da lança permitiu caçar à distância os animais de grande porte. Empregando também o fogo para encaminhar a vítima para o local mais propício à caçada.
Texto e ilustrações de: marr

Machado







Sem comentários:

Enviar um comentário